sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Um Sonho

Nós estávamos lá, na beira do mar e como acontece de vez em quando, o momento estancou, parou e permaneceu por mais de um momento. E então o silencio foi quebrado com o “eu te amo” que ele havia pronunciado enquanto eu admirava a imensidão azul marinho que estava na minha frente.
Quando me virei encontrei seus olhos que eram de um castanho intenso e claro. Retribui o “eu te amo” enquanto o seu nariz roçava no meu. Beijei-o lentamente, sentindo o gosto doce que havia me conquistado no primeiro di.
A noite foi embalada por canções antigas de cantores clássicos e alguns copos de açaí.
Lembro-me de me deitar mais não de trocar a roupa, adormeci sorrindo, tenho certeza.
Acordei pela manha com um raio de sol invadindo o meu quarto. Eu estava de pijama e abraçada com um urso que havia ganhado de aniversário (ele havia me dado.). Levantei-me às pressas e olhei no espelho lateral. Dei-me conta de que havia sonhado. A lágrima escorria pelo meu rosto lentamente.
- Foi tão real.



Marcela Alves

7 comentários:

disse...

belo blog..
O post então; Lindo Lindo *-*

tãao bom sonhar,mas ao acordar e ver q foi só um sonho dá aquela vontade de voltar a dormir ..

*-* E quem nunca teve esse desejo!

meus instantes e momentos disse...

que bom que foi tão real.
São os desejos que a vida nos dá. Os desejos que o corpo quer.
Maurizio

Vanessa Mendes disse...

amei o blog e o post ta show '-'
"Os sonhos são tão importantes nas nossas vidas"
te seguindo :*

Luciana disse...

Ah, que final surpreendente rs.

tem sonhos que de tao reais
vc sente ate o cheiro da pessoa.


Beijoo Marcela.

Tatiane Lemos disse...

Oi moça, que lindo blog encontrei por aqui, seguindo ja tha?

Beijos, visita o meu tmb?

Thiara Ribeiro disse...

Não quero apenas sonhar! ^^

Au disse...

A pior parte de um sonho é quando ele torna-se um pesadelo!
E normalmente, ao acordar parecia real mesmo...

Ótimo texto!


Beijo!