domingo, 11 de julho de 2010

A cada passo que me levava ao lugar onde tudo começou, eu sentia uma nostalgia consumindo meu coração, apertando tudo lá dentro.

Quando cheguei, foi.. eu diria no mínimo estranho. Na mesma festa, com as mesmas pessoas eufórica, e só eu conseguia achar naquela aquela euforia toda, uma grande tranqüilidade.
Eu olhei para o lugar onde nos conhecemos, e ainda estou esperando que você apareça e me diga tudo o que eu preciso ouvir. Embora não acredite mais que você venha, ainda permaneço a esperar...



Marcela Alves

3 comentários:

Mila disse...

"ainda estou esperando que você apareça e me diga tudo o que eu preciso ouvir. Embora não acredite mais que você venha, ainda permaneço a esperar."


É engraçado, agente sabe de algum modo que a pessoa não vai voltar...Mas ainda sim esperamos, ainda sim lutamos, ainda assim...amamos...

Thiara Ribeiro disse...

Eu não espero mais! ^^

Nostalgia é sinônimo de tristeza!

;*

Kamila Rodrigues disse...

coração burro da porra hein!! kk
gostei do blog flor
tô seguindo :D