sexta-feira, 11 de novembro de 2011

# Desabafo 02



Derramei lagrimas hoje pela manhã, enquanto esperava o despertador tocar. Tive algum tipo de angustia, vontade de gritar, enquanto isso as lagrima manchavam o meu lençol azul marinho. Só agora havia percebi o quão azul era aquele lençol.

Meu humor só melhorou depois que prestei atenção no cachorrinho que meu chefe acabará de comprar. Ele brincava descontroladamente com alguma coisa de couro que não consegui identificar.
Tive vontade de sumir o dia inteiro.
Fiquei em casa de noite, preparei uma pipoca e escolhi um filme, ficção. Romance sozinha não dá.
O feriado chegou nada de especial, dia de finados não é nada interessante, é a só mais um motivo para eu ficar em casa com meu livro e uma xícara de chá, de preferência o dia inteiro de pijama.
Pena que esses dias passam tão rápido, nem dá para pensar na vida direitinho.
Voltei à rotina, nada de novo, apenas alguns planos bobos que darão certo. Li uma frase hoje, dizia mais ou menos assim.

“- Acredita que acontece.“

Não sei quem escreveu, mas mexeu comigo.
Então é assim daqui para frente, acreditando e acontecendo..



Marcela Alves

2 comentários:

Eder Fabricio disse...

Esses dias me acompanham também. O importante é seguir remando.
"aponta pra fé e rema"

Beijos

Luna Sanchez disse...

"aponta pra fé e rema" (2)

=*