sexta-feira, 18 de março de 2011

Dores do Medo

O abraço definitivamente não é o mesmo, nem o cheiro e nem as caricias, mas é protetor.

Sinto dores constantes, faz parte do medo que se instala no meu coração. Fazem eu perder a lucidez por alguns instantes e pensar se estaria certo deixar o que tenho por alguém que esperei a vida inteira.
Sinto dores de medo. Medo de me sentir vazia, de ficar sozinha e perder toda a minha alma. Medo de fazer a coisa errada.



Como faço para ouvir meu coração? Alguém pode me ensinar?



Marcela Alves

3 comentários:

. Nadine disse...

O medo sempre está por perto. Mas as vezes, com a ajuda dele, a gente reconhece algumas coragens.

"Como faço para ouvir meu coração? Alguém pode me ensinar?" Queria poder te ajudar, mas isso, só você pode descobrir.

Vai fazer mesmo aquilo? Do meu texto? rs. Boa sorte, beijos!

Taiane Brito ;* disse...

parece que escreveu pra mim! O medo tem se tornado muito presente na minha vida também.
Mas as vezes acho que o medo é a maior defesa que temos.
beijos

Lilly M. disse...

Aqui:
http://meninaapenas.blogspot.com/2011/03/memes_21.html
tem Meme pra vc responder,
beeijinhos.