segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Impossible Love



Foi em um show de pagode (e eu nem gosto de pagode), eu perdi todo o controle, na ultima noite da temporada eu fiz o que meu coração mandou. Então larguei tudo e sai correndo ao encontro deke. Não de uma pessoa normal, mas sim corri para os braços de homem que quando passa faz meu coração balançar e quando me olha faz meu corpo estremecer. Corri para ver o homem que me conhece melhor do que qualquer pessoa no mundo. (o que seria dos grandes amores se ninguem saisse correndo ao encontro do outro?)
Eu perdi a linha, eu sei, e não me orgulho disso, não mereço pontos de honra por isso. Mas de forma alguma, do fundo do meu coração não me sinto arrependida e jamais me sentirei porque nessa ultima noite eu me joguei nos braços do homem que eu amo mas as circunstancias, as malditas circunstancias não me deixa ama-lo
Eu fiz o errado, nós não tivemos escolha. Foi muito mais forte que a gente e jamais vamos nos arrepender. Agora só iremos esperar por um dia que tudo ira se resolver, porque para os amores “impossiveis” só o tempo pode dar jeito.

(beseado em um noite vivida intensamente)

Marcela Alves

Um comentário:

. Nadine disse...

"porque para os amores “impossiveis” só o tempo pode dar jeito" Concordo, só esse tempo devorador mesmo ;~

beijo :*