sábado, 5 de maio de 2012

Platônico



Seria ingenuidade minha parte passar horas imaginando cenas e fazendo planos, mesmo não tendo nenhuma expectativa de que eles se realizem? Seria bobeira minha coisa da criança que eu ainda carrego dentro de mim?

Por um olhar me encantar tanto a ponte de mudar o meu caminho só para cruzar com o acaso de te ver passar. Ingenuidade penso. Mas é tão bom começar as minhas noites imaginando como seria bom ter você por perto.

Infantilidade, da minha parte claro. Acho que me apaixonei pela beleza inferior.

Não tenho criado expectativas por ninguém ultimamente, isso tem me deixado triste. A cada dia tenho mais certeza de que nossos caminhos jamais se cruzarão. Temos vidas tão diferentes.



Marcela Alves  

3 comentários:

Ká ♡ disse...

olá flor, adorei seu blog *-*
se puder me adcê karol_pereira16@hotmail.com

beeijos ;**

Eder Fabricio disse...

"e o que não foi, não era pra ser"

Não espere por nada e nem por ninguém. Pense em você. Só.

Beijão

raquel disse...

Obrigada*