domingo, 14 de março de 2010

Memories

Já era tarde quando chegamos. Tranquei-me no banheiro tomei um banho, quando sai, você já estava jogado na cama. Coloquei a sua camiseta velha e você disse que adorava aquela minha calcinha com laços nas laterais.

Deitei-me ao seu lado, você me abraçou forte e ficamos ali, conversando, envolvidos em um momento raro, não era sempre que ficávamos totalmente sozinhos.
Depois das três senti um afago nos cabelos, olhei em seus olhos e te beijei você disse que me amava e então eu sorri.
De manhã o sol estava entrando em nossa janela. Abri os olhos de vagar, olhei para o lado e você não estava. Adivinha? Foi apenas mais um sonho.


“Os meus pensamentos são tão fortes quando me lembro de você que eu quase posso te sentir.”



Marcela Alves

2 comentários:

Thiara Ribeiro disse...

Nossa! Vc escreveu??? Gostei! Gostei muito!

;*

Mulher na Polícia disse...

Uau...
Um final surpreendente.
Que sonho bom!

Viver é isso mesmo, é acalentar sonhos e esperanças, linda.

Bons sonhos, Marcela!